jusbrasil.com.br
11 de Dezembro de 2018

TST responsabiliza empresa por homicídio ocorrido no local do trabalho

A Corte condenou uma empresa a pagar R$ 122 mil aos herdeiros de uma empregada morta durante o trabalho

Jota Info, Jornalista
Publicado por Jota Info
há 5 meses

A 6ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) reformou decisão da segunda instância e condenou uma empresa do Ceará a pagar um total de R$ 122 mil, por danos materiais e morais, aos herdeiros de uma empregada morta por um colega de serviço durante o trabalho. A turma entendeu configurada a responsabilidade objetiva da empresa pelo ato praticado por empregado no local e no horário de trabalho.

De acordo com os autos do processo, a morte da trabalhadora da Ruah Indústria e Comércio de Móveis Ltda., da cidade de Sobral, resultou de golpes de faca desferidos por um empregado em decorrência de abalo emocional supostamente originado por “fuxicos” entre colegas.

O assassino, conforme testemunhas, começou a agredir um colega e, quando a vítima pediu que parasse, voltou-se contra ela, esfaqueando-a.

Leia a reportagem na íntegra

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)