jusbrasil.com.br
21 de Março de 2019

Nove em cada 10 juízes querem que o STF se submeta a uma corregedoria

Pesquisa da AMB mostra apoio a propostas de Moro, ao fim do quinto constitucional e a restrição a tatuagens

Jota Info, Jornalista
Publicado por Jota Info
mês passado

Nove em cada 10 juízes do Brasil acreditam que o Supremo Tribunal Federal (STF) deve se submeter a algum tipo de atividade correicional e apoiam a criação de uma corregedoria interna no próprio tribunal.

É o que mostra a pesquisa da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) que ouviu mais de 4 mil magistrados do país sobre diversos temas em pauta na sociedade e no Judiciário. (Leia a íntegra da pesquisa)

O levantamento mostra a magistratura dividida em alguns temas. O uso da capa/toga durante as audiências, por exemplo, é criticado por 48% dos juízes de primeira instância. Esse número é muito menor entre os magistrados de segundo grau e fica em 12%.

A maioria também defende uma mudança no sistema que prevê vagas na magistratura destinadas a advogados e integrantes do Ministério Público: quase 90% dos juízes de primeira instância dizem que o ingresso pelo quinto constitucional não se justifica mais e deve ser suprimido, mesma opinião de 63,4% dos magistrados de segundo grau.

Leia reportagem completa.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)